Conheça Raí, a onça-preta de Mamirauá que você poderá conhecer no Jaguar Expedition

O Grupo de Pesquisa (GP) Ecologia e Conservação de Felinos na Amazônia do Instituto Mamirauá capturaram uma onça-preta macho como parte das pesquisas para proteção desta espécie em quase risco de extinção.



Recentemente a equipe de pesquisadores do GP Ecologia e Conservação de Felinos na Amazônia do Instituto Mamirauá capturaram uma onça-preta macho como parte das pesquisas para proteção desta espécie em quase risco de extinção de acordo com a "Lista Vermelha" da União Internacional pela Conservação da Natureza - IUCN.


A captura tem por objetivo estudar, entre outros parâmetros, o comportamento da população de onças-pintadas na Reserva Mamirauá. Como já falamos por aqui, as onças em Mamirauá têm um comportamento único para a espécie: elas habitam a copa das árvores por alguns meses do ano, já que toda a área da unidade de conservação fica alagada durante uma época do ano - característica da floresta de várzea que compõe Mamirauá.


É a partir deste comportamento e das pesquisas relacionadas à conservação da espécie em Mamirauá que a Uakari Lodge desenvolveu, juntamente com os cientistas do Grupo de Pesquisas em Ecologia e Conservação de Felinos, o Jaguar Expedition.




O Jaguar Expedition foi criado em 2014 e contou com os estudos desenvolvidos por Pedro Nassar, coordenador do Programa de Turismo de Base Comunitária do Instituto Mamirauá. Pedro escreveu sua dissertação de mestrado sobre os impactos desse programa para o Uakari Lodge, a Reserva Mamirauá, as comunidades locais, o grupo de pesquisa e, mais importante, o impactos sobre a espécie.


Em 2022 o Jaguar Expedition acontece em 03 datas: 13 a 17 de Junho, 20 a 24 de Junho e 27 de Junho a 01 de Julho. São apenas 12 sortudos visitantes que terão o privilégio de acompanhar este programa de turismo científico, em que ver a onça em seu habitat natural é apenas o início de uma vasta experiência de interação com alguns dos mais importantes pesquisadores de felinos do Brasil, os condutores de todo o processo.


E por fim, o mais importante: 100% do lucro deste programa é destinado para financiar estratégias de conservação desta espécie na região da Reserva Mamirauá. Ainda dá tempo, vamos conosco nesta incrível aventura?