ūüáßūüá∑ Porque o novo ‚ÄúNas Pegadas de Henry Bates‚ÄĚ da Uakari Lodge √© uma maneira totalmente nova de vis

Viajar √© viver algo diferente; e agora ir √† Amaz√īnia √© viajar para o s√©culo XIX.

Como muitos de voc√™s sabem, a Uakari Lodge foi criado, pertencente e √© co-gerenciado pelo Instituto Mamirau√°, uma organiza√ß√£o cient√≠fica dedicada ao desenvolvimento de estrat√©gias para a conserva√ß√£o da biodiversidade na Amaz√īnia.

E o Mamirauá só está nessa região por causa de uma pessoa: Henry Walter Bates.

A hist√≥ria deste incr√≠vel naturalista brit√Ęnico que navegou no rio Amazonas em meados do s√©culo XIX¬† sempre fascinou todos os pesquisadores que fizeram parte da equipe do Instituto Mamirau√° ‚Äď incluindo (e mais importante) nosso membro #1, M√°rcio Ayres, que chegou ao livro de Bates ‚ÄúUm Naturalista no Rio Amazonas‚ÄĚ. Este √© o livro em que o macaco-uacari-branco-de-cara-vermelha √© mencionado pela primeira vez cientificamente e trouxe uma grande curiosidade a Ayres, que decidiu visitar a regi√£o e escrever sua tese de doutorado sobre o primata.

Toda a curiosidade e aprendizado que Bates trouxe para a equipe da Uakari Lodge nos fez desenhar uma experi√™ncia completa para nossos clientes, que agora viajam para a Amaz√īnia com uma hist√≥ria completa como guia: as aventuras de um naturalista que explorou a Amaz√īnia ao longo de 11 anos e terminou sua viagem em Mamirau√°.

Ent√£o, listamos 4 raz√Ķes pelas quais ‚ÄúNas Pegadas de Henry Bates‚ÄĚ √© uma maneira totalmente nova de visitar a Amaz√īnia:

1. A Amaz√īnia n√£o √© apenas biodiversidade ‚Äď √© hist√≥ria: estamos muito felizes por sermos pioneiros no turismo comunit√°rio na Amaz√īnia brasileira, contando hist√≥rias e mostrando a vida real √† medida que a viagem acontece. Est√° na hora de respondermos √†s demandas dos viajantes em compreender o destino, e Henry Bates est√° diretamente conectado √† hist√≥ria da Reserva Mamirau√°.

2. Veja a Amaz√īnia como um explorador do s√©culo XIX: Imagine avistar um macaco uacari na selva. Recebendo todo o aprendizado que nossos guias naturalistas e locais conhecem sobre eles (como j√° sabemos). Agora, adicione a atmosfera imersiva que criamos para nos transportar para os anos 1850: como Henry Bates descreveria esse primata, pela primeira vez visto na natureza por um naturalista? √Č assim que voc√™ se sente ao longo de todo o programa.

3. Tef√© est√° finalmente em um programa da Uakari Lodge (e vale a pena visit√°-la): Tef√© √© o local de chegada e partida para todos os nossos visitantes. Infelizmente para a maioria dos turistas, tudo o que eles v√™em √© o aeroporto, e isso nos incomoda desde o in√≠cio de nossas opera√ß√Ķes. A jornada de Henry Bates na Amaz√īnia foi o motivo perfeito para adicionar Tef√© aos nossos programas. Henry Bates passou 05 anos em Ega (foi assim que Tef√© foi chamado no s√©culo XIX).

4. Leve para casa uma hist√≥ria completa para contar: Viajar significa cada vez mais aprender e levar para casa o que voc√™ ganhou com isso ‚Äď de uma maneira divertida e descontra√≠da. O que criamos aqui √© uma chance de compreender melhor como a Amaz√īnia foi historicamente ocupada e levou ao que √© hoje. Aqui temos a hist√≥ria completa, do come√ßo ao fim.

-> Deseja saber mais sobre o programa de 5 noites ‚ÄúSeguindo os passos de Henry Bates‚ÄĚ? As opera√ß√Ķes come√ßam em outubro e estamos prontos para reservas. Verifique os detalhes em nosso site.

(Créditos das imagem: Gui Gomes; livro “Um Naturalista no Rio Amazonas)

#responsibletourism #TurismoRespons√°vel #Ecoturismo #amazonia #HenryBates #UakariLodge #Mamirau√° #PousadaUacari