🇧🇷 Quem foi Henry Bates – e porque ele é importante para a Amazônia

Atualizado: Fev 23

O Naturista Britânico Henry Bates navegou por 11 anos pela Amazônia – e terminou em Mamirauá


Em 2019 a Uakari Lodge lança o roteiro “Nas Pegadas de Henry Bates”, quando vamos mostrar a Reserva Mamirauá e a cidade de Tefé pelo olhar deste um naturalista britânico que esteve na região em meados do século XIX. Mas quem foi Henry Bates?


Este explorador passou 11 anos de sua vida navegando os rios e fazendo incursões nas florestas amazônicas desde a região de Belém, subindo todo o Rio Amazonas e chegando na região onde hoje está localizada a Reserva Mamirauá e a cidade de Tefé – que no século XIX ainda era chamada de Ega – nome dado por colonizadores e missionários portugueses – que a esta época ainda disputavam a área com espanhóis.


Bates passou cerca de 5 anos nesta região. Ele foi o primeiro pesquisador a documentar diversas espécies da fauna brasileira (estima-se que ele cerca de 8.000 exemplares nunca antes documentados tenham sido levados para Londres após sua viagem). Dentre estes exemplares de fauna recém documentados, está o macaco-uacari-branco-de-cara-vermelha – cuja descrição fez a curiosidade do primatólogo Márcio Ayes, já no final do séc. XX, dedicar suas pesquisas sobre o animal de fisionomia única. Com esta re-visita, Márcio Ayres acabou por descobrir uma região muito rica (pelas comunidades e sua fauna e flora) e foi responsável por liderar o movimento de criação de uma unidade de conservação nos arredores do Lago Mamirauá – onde hoje está localizada a Pousada Uacari.


Ega se transformou em base para a exploração dos arredores do Lago Tefé. Acabou por documentar muito sobre o dia-a-dia da vila, seus personagens, as comunidades indígenas da foz do Rio Tefé e os costumes amazônicos da época. Seus cadernos de viagem resultaram na publicação do livro de 2 volumes chamado “Um Naturalista no Rio Amazonas”, que ainda hoje é referência para os cientistas do Instituto Mamirauá em suas pesquisas e incursões nas matas da região. Alguns dos relatos de Henry Bates foram fundamentais para a sustentação da teoria da Evolução de Charles Darwin.


Neste novo roteiro da Pousada Uacari, tomamos o livro de Bates e o transformamos em roteiro para visitarmos tanto a Reserva Mamirauá quanto a cidade de Tefé – que agora também faz parte dos roteiros da Pousada. Passamos a olhar os dois destinos pela perspectiva do importante naturalista britânico que dedicou sua vida e se aventurou em nome da ciência para documentar o quão rica é a Amazônia Brasileira.


***

Para informações sobre o programa “Nas Pegadas de Henry Bates” consulte nosso site ou entre em contato conosco aqui!